A responsabilidade social expressa nos valores cooperativos ganha evidência para a Vinícola Garibaldi, em outubro, para uma causa que mexe com a vida de todas mulheres, a conscientização para o controle do câncer de mama. Por isso, a cooperativa transforma o Outubro Rosa em Outubro Rosé. O nome alude à campanha que, neste mês, reverte 5% das vendas de vinhos e espumantes rosés ocorridas no varejo do Complexo Enoturístico para a Liga de Combate ao Câncer do município.

Os produtos rosés ganharam, nos últimos anos, uma atenção especial do consumidor. Em 2020, segundo a Ideal Consulting, esse tipo de bebida teve um incremento no consumo de 35%. A Vinícola Garibaldi tem apresentado seguidos lançamentos dessa variedade, caracaterizada por ser mais jovem e leve. Só neste ano, foram três: os vinhos Granja União Merlot Rosé e Garibaldi Pinot Noir Rosé e o espumante Garibaldi ICE Rosé, elaborado para ser consumido com gelo.

São esses produtos que devem incrementar ainda mais o sucesso da proposta do Outubro Rosé. No ano passado, a campanha significou um aporte à entidade de R$ 5 mil. Os recursos foram um importante auxílio para as ações da Liga, ainda mais em meio à pandemia, que restringiu os trabalhos de arrecadação de fundos para a manutenção das atividades. A organização, além de atender a portadores de câncer carentes do município com medicamentos e afeto, atua com campanhas educativas para prevenção e diagnóstico precoce de tumores malignos.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa para este ano é de que 66.280 novos casos de câncer de mama sejam diagnosticados no país. Em 2019, 18.295 mulheres morreram no Brasil em decorrência da doença. Embora mais raro, esse tipo de câncer também atinge os homens, mas eles representam apenas 1% do total casos – 227 morreram em 2019 no país acometidos pela enfermidade.

Quer saber mais
sobre vinhos?
Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo

Deixe o seu comentário sobre a postagem:

Nome Completo:
E-mail:
Cidade / UF:
Comentário: